iBeacon: tudo que você precisa saber

On 3 de março de 2015 by Conrado Carneiro

O QUE É iBEACON?

iBeacon é o nome padrão de um sistema de comunicação lançado pela Apple.

O iBeacon permite que apps  possam captar sinais dos beacons e reagir em conformidade.

Em essência, a tecnologia permite que os aplicativos possam identificar sua posição em uma escala micro-local.

Também possibilita a entrega de conteúdo hiper-contextual para usuários com base na localização.

blog_ibeacon1

A TECNOLOGIA iBeacon

A tecnologia de comunicação é baseada no Bluetooth Low Energy (BLE). Tecnologia recém-lançada visando baixo consumo de energia, baixo consumo de energia, baixo custo de comunicação sem fio dentro de médio a curto alcance.

Bluetooth é uma escolha ideal para uma variedade de produtos à base de sensores, bem como dispositivos móveis onipresentes.  Foi originalmente projetado para continuo streaming de dados.

iBeacon – Guia Completo

DIFERENÇA ENTRE O BLUETOOTH LOW ENERGY (BLE) E O BLUTOOTH PADRÃO

Embora BLE reutilize a maioria dos componentes do Bluetooth clássico, sua camada física foi redesenhada e sua máquina estatal foi simplificada para reduzir o consumo de energia e apoiar a comunicação assíncrona.

Com essas significativas mudanças, o consumo de energia dos dispositivos BLE em standby é ultra-baixo e o consumo de energia durante o processo de operação  foi significantemente reduzido. Seu consumo é tão baixo que uma bateria de célula única pode durar até 3 anos.

O BLE é ideal para aplicações que requerem poucas transferências de dados ou periódicas de com pequenas quantidade.

Podendo ser utilizado em aplicações médicas, industriais, e de consumo.

Já o Bluetooth clássico é o mais recomendado para aplicações mais complexas, que requerem uma comunicação coerentes e com maiores taxas de transferência de dados.

A COMUNICAÇÃO BLE no iBeacon:

Consiste principalmente no que podemos chamar de “anúncios”, ou seja, pequenos pacotes de dados transmitidos, em um intervalo regular. Os iBeacons que tem como objetivo na maioria dos casos disseminar “anúncios”, precisam ser “descobertos” para transmitirem sua “publicidade” e para isso pacotes independentes de dados são emitidos em intervalos de tempo definidos.

Esses pacotes são elaborados para serem captados por dispositivos,  como smartphones, que estejam dentro da área de alcance física.

Essas mensagens podem ser utilizadas para uma grande variedade de aplicações, como por exemplo, para acionar funções em um aplicativo, ou simplesmente divulgar um produto.

Os iBeacons, possuem um intervalo de transmissão ideal, definido pela Apple, de 100ms. Esse broadcasting mais frequente utiliza mais energia, diminuindo o tempo da bateria, mas permitindo uma rápida descoberta por parte dos smartphones e outros dispositivos de escuta.

COMO É QUE O iBEACON UTILIZA A COMUNICAÇÃO BLE?

O pacote de informação (publicidade), emitido pelo iBeacon e definido pela Apple consiste em quatro partes de informação:

UUID: É uma sequencia de 16 Byte usado para diferenciar um grande grupo de beacons relacionados. Por exemplo, se um supermercado utilizar um grande conjunto de beacons relacionados, todos terão o mesmo UUID. Isso permite que o aplicativo especifico do supermercado, possa identificar que o beacon que está transmitindo pertence ao supermercado.

Mor: É uma sequencia de 2 bytes usado para distinguir um subconjunto menor de beacons dentro de um grupo maior. Se o supermercado em questão for uma rede, com várias lojas, o mor será utilizado para definir qual das lojas o beacon está.

Minor: É uma sequencia de 2 bytes destinada a identificar beacons individuais. É utilizado para identificar o local exato onde o cliente está na loja, por exmeplo.

Tx Potência: É usado para determinar a proximidade (distância) do emissor (iBeacon), também conhecido como farol. A potência de transmissão é definida como a força do sinal. Isso deverá ser calibrado e codificado com antecedência. Os dispositivos podem então usar isto como uma base para estimar a proximidade do smartphone do farol.

Visão geral do iBeacon

Na FIGURA 1 a seguir, temos o funcionamento do iBeacon simplificado. O  em uma loja especifica, emiti um pacote de informação e este é capturado por um smartphone. Nesse pacote, um ID de um produto é informado, o aplicativo da loja captura a informação transmitida, recupera esse ID e em seguida consulta um servidor, buscando o produto relacionado a este ID.

Captura de Tela 2015-03-01 às 20.43.46

FIGURA 1: Funcionamento iBeacon

Tornando um pouco mais prático, podemos citar como exemplo, uma loja de sapatos, nos Estados Unidos que colocou iBeacons espalhados estrategicamente pela loja, divulgando produtos em promoções,  Figura 2.

Ao se aproximar de um produto especifico o smartphone do cliente irá receber um push-notification, relacionado ao aplicativo da loja, ao abrir a notificação o aplicativo exibirá informações relacionadas ao produto, informando que ela está na promoção e despertando no cliente o interesse.

Captura de Tela 2015-02-23 às 18.15.20

FIGURA 2: Exemplo prático

VANTAGENS DO iBEACON

Com uma rede de iBeacons espalhados estrategicamente por uma loja, qualquer marca, varejista, app, ou plataforma será capaz de compreender exatamente onde o cliente está dentro de sua loja física. Criando a possibilidade de enviar aos clientes mensagens com anúncios contextuais baseado na localização.

Além das possibilidades criadas para lojas varejistas, o potencial do iBeacon é ilimitado, podendo ser utilizado em eventos, aeroportos, shows, parques temáticos, zoológicos e muito mais.
Essa nova tecnologia deve levar a uma mudança de paradigma na forma como as marcas se comunicam com o consumidor, fornecendo uma extensão digital no mundo físico.

COMO DESENVOLVER UM APLICATIVO QUE USE iBEACON

Em países como Estados Unidos é comum ver aplicativos que utilizam iBeacon para identificar a localização (indoor) do usuário dentro de uma loja, congresso, feira e até festa. No Brasil já temos alguns casos de museus que utilizam-se desse recurso.

Se você tem como objetivo desenvolver um aplicativo que utilize dessa fantástica tecnologia é preciso ter atenção, pois aplicativos desse porte exigem empresas com experiência na área, possibilitando que seu app cumpra o objetivo que foi definido.

Aplicativo: motivos para o seu negócio ter um, segundo a Forbes

iBEACON VS NFC

A seguir podemos analisar alguns pros e contras do iBeacon em relação ao já difundido NFC.

Captura de Tela 2015-03-01 às 21.11.29

Em nosso próximo post sobre o tema, iremos analisar com mais profundidade a utilidade na prática.

 

 

Summary
iBeacon: tudo que você precisa saber
Article Name
iBeacon: tudo que você precisa saber
Description
iBeacon: tudo que você precisa saber
Author
Publisher Name
iMobilis
Publisher Logo

4 Responses to “iBeacon: tudo que você precisa saber”

  • Amigo a comunicação do Device com o Servidor precisa de um link de Internet? 3G WiFi
    Pois sei que o Push será do Servidor para o Device, o que penso que não precisa de Internet.

Trackbacks & Pings

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *